#MulheresDeEnergia: Márcia Sandra e a força transformadora da educação

Published on Quarta-feira, 15 Setembro 2021

Já a sua mãe, pedagoga, como toda educadora, também levou para os filhos a importância do saber no desenvolvimento humano.

Por ser a única menina entre os dois irmãos, Márcia sempre conviveu muito bem em ambientes diversos, inclusive, brincava tranquilamente com os brinquedos de seus irmãos, principalmente com os blocos de montar.

“Desde criança, sempre gostei de montar as coisas e de criar algo diferente com o que eu tinha em mãos. Sempre falei que gostaria de ser uma engenheira. Hoje, eu percebo que a engenharia é exatamente isso, ela é pura criação.”

Em busca dos sonhos...

Forte como a energia, Márcia, com apenas 14 anos, foi morar sozinha em Fortaleza, pois seus pais tinham certeza de que lá ela teria acesso a um ensino de qualidade e, consequentemente, conseguiria entrar em uma boa universidade.

Em 1991, ela se formou em Engenharia Civil pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR), deixando os seus pais com a certeza de que fizeram muito bem a “lição de casa”, uma vez que a filha estava fazendo o que sempre sonhou.

Durante a faculdade, aquela garota destemida, encontrou-se mais uma vez inserida em um ambiente predominantemente masculino, mas isso nunca a assustou ou causou qualquer tipo de constrangimento:

“Sempre tive uma abertura muito grande entre os meus colegas, além disso, eu nunca aceitei que algumas crenças pudessem limitar aquilo que eu realmente quisesse fazer.”

Família: a base de tudo.

A engenharia ou, como ela mesma diz, a arte de criar, tem forte presença em sua família. Afinal, sua casa conta com outros dois engenheiros: seu marido, Engenheiro Mecânico, e a sua filha, Engenheira Civil.

“Todas as noites nos reunimos durante o jantar, além disso, fazemos questão de sempre estarmos juntos aos finais de semanas. Adoramos ir à praia, o nosso refúgio, aproveitamos muito a presença um do outro.”

A arte também está fortemente ligada à Márcia. Apaixonada por violão, ela vê na música uma fonte inesgotável de energia e inspiração.

As canções, inclusive, são responsáveis por encontros memoráveis e muito divertidos entre toda a sua família, uma vez que vários integrantes tocam algum tipo de instrumento.

Márcia Sandra Enel Ceará

A união familiar é a força que ela precisa para seguir, pois, como uma boa engenheira civil, ela sabe que os alicerces de uma casa precisam ser firmes e fortes para suportar qualquer tempestade que possa aparecer.  

“A energia que quero deixar para a minha filha é a energia da integridade, da humildade, da união e do saber ouvir.”

Do escritório para o canteiro de obras

Não podemos deixar de voltar ao passado e relembrar quando, ainda no começo de sua carreira, Márcia sentiu a necessidade de sair do escritório e vivenciar a experiência no canteiro de obras, afinal, essa energia era importante.

No entanto, a realidade que ela encontrou foi muito diferente da que imaginava. Os acidentes eram constantes e a mão de obra era totalmente desqualificada. Sensível, a engenheira entendeu que as diversas placas disponíveis nas obras não eram suficientes para alertar a equipe sobre os possíveis riscos, visto que grande parte dos profissionais que ali trabalhavam não sabia ler.

Por entender desde cedo o gigantesco poder da educação, ela não hesitou em montar, ali mesmo no canteiro de obras, uma sala de aula para alfabetizar aqueles profissionais.

“Montamos uma sala de aula e, antes do trabalho começar, nós alfabetizávamos aqueles profissionais e oferecíamos um café da manhã bem reforçado, pois muitos vinham de casa sem comer. Há alguns anos, um deles me reconheceu e disse atuar como encarregado de obras, fiquei muito feliz e emocionada, pois sei que gente bem cuidada consegue resultados diferenciados.”

Sonho que se sonha junto, é realidade

Para Márcia, estender as mãos a quem precisa é um ato de amor. Além disso, ela sabe que com uma “mãozinha”, alguns sonhos, que até então eram distantes, podem mudar toda a trajetória de uma vida.

“A menina que trabalhava aqui em casa tinha um sonho e nós ajudamos a concretizá-lo. Ela prestou o vestibular, entrou na faculdade e, em seguida, fez o mestrado. Agora, não mais com a gente, está terminando o doutorado. Eu acredito na transformação das pessoas.”

Na Enel desde 1999, Márcia sabe que a energia da confiança e da proatividade a ajudaram a chegar até aqui. Forte, destemida e certa de seu potencial, ela sempre abraçou os novos desafios e oportunidades com muito entusiasmo, inclusive, em outros países onde a empresa está presente.

Como toda boa líder, ela sabe que é preciso estar “aberta ao encontro com o outro”, que é importante ouvir e praticar a empatia: “Acredito que uma boa gestão se faz pelo exemplo. Venho do operacional e entendo como as coisas acontecem por lá”.

Ouvir: o segredo do sucesso

Hoje, como Diretora Presidente, Márcia está em constante relacionamento com a sociedade e com os stakeholders locais, como o governo, Procon, secretarias, meios de comunicação etc. Além disso, ela sabe que é preciso ir ao encontro do cliente, por isso, constantemente realiza visitas às lojas de atendimento e escuta diálogos do call center. Para ela, é importante saber se o serviço entregue está dentro do idealizado e se o cliente está sendo bem atendido.

“Mapeei uma comunidade, identifiquei as dificuldades relacionadas à energia elétrica e levamos a nossa unidade móvel de atendimento para lá. Nesse trabalho, percebemos que, muitas vezes, o que idealizamos no escritório pode não estar acontecendo. As vezes a realidade do cliente é outra, por isso, é preciso estar presente, é preciso ouvi-lo.”

Márcia Sandra Enel Ceará

Seja um exemplo por onde passar.

Márcia, com toda a sua empatia, leveza e carinho, reflete muito bem um famoso provérbio chinês que diz que um pouco de perfume sempre fica nas mãos de quem oferece flores.

“A energia que a minha mãe transmite é muito rica, ela é a minha motivação e inspiração diária para seguir. Inclusive, foi por tanto admirá-la que decidi cursar engenharia civil. Sei que ela é um exemplo para muitas mulheres, pois, além de uma excelente profissional, ela é puro amor, ela tem uma capacidade enorme de enxergar as pessoas como elas realmente são, ela é muito humana”, diz Bárbara, sua filha.

Esse amor, admiração e respeito não está restrito apenas ao ambiente familiar. A simplicidade e a facilidade de olhar e ouvir o outro como poucas pessoas conseguem, fazem dela uma pessoa querida por onde passa.

Para Letícia Cavalcante Saraiva, Secretária da Diretoria de Mercado, ela é um grande exemplo a ser seguido: “Costumo dizer que a Márcia é um grande exemplo para nós do Grupo Enel. Gostamos de estar com ela e de sentir a sua energia. Posso dizer que ela é uma grande faculdade para mim e, como mulher, tenho uma grande professora ao meu lado”.

Maria Marta de Carvalho, Recepcionista, que trabalha com Márcia desde que ela ingressou na companhia, não esconde o orgulho que sente da amiga: “A Márcia é uma excelente profissional. Da zeladoria até o mais alto escalão da empresa, ela trata todos sem nenhuma distinção. Saber que ela seria presidente, foi uma das maiores emoções da minha vida, chorei, pois ela merece tudo isso. Não existe outra igual”.

E, assim como a última página de um livro, não podemos encerrar essa história sem um conselho de vida de sua grande protagonista:

“Mulheres, confiem em si mesmas, sejam empáticas, sejam humildes, saibam ouvir e aprendam na escuta. Ouçam o seu interior e entendam o que verdadeiramente move cada uma de vocês. Não deixem que absolutamente ninguém interfira em seus desejos.”

ENEL