Lojas Renner firma contrato com Enel para compra de energia eólica

Published on Terça-feira, 13 Julho 2021

“A operação com a Enel é uma iniciativa importante entre empresas privadas para contribuir de maneira eficaz com o combate às mudanças climáticas. Além disso, reforça o nosso propósito de atuar em linha com os critérios ESG, para alcançar a sustentabilidade ambiental, social e econômica dos negócios. Somos reconhecidos nacional e internacionalmente por nossa sólida estratégia de moda responsável e estamos avançando dia após dia nessa frente.”

– Fabio Faccio, presidente da Lojas Renner.

Atualmente, a varejista já consome energia de fazendas solares e de pequenas centrais hidrelétricas (PCHs). A parceria com a Enel busca trazer mais diversificação para sua matriz energética, ampliando o uso de fontes renováveis. A energia para suprir as necessidades previstas no contrato entre a Lojas Renner e a Enel será produzida por parte do complexo eólico Fontes dos Ventos II, da Enel Green Power, que está em construção no município de Tacaratu (PE), na bacia do rio São Francisco.

Por meio da Enel Trading, comercializadora da Enel no mercado livre, a Lojas Renner firmou contratos com duração de 15 anos na modalidade PPA (Power Purchase Agreement) para a compra da energia renovável gerada pela Enel Green Power. Por fim, a Lojas Renner também firmou contratos com a Enel Green Power para ter acesso a certificados internacionais de energia renovável (I-REC’s) que atestam a origem da energia prevista no acordo. Os IREC’s são um sistema global de rastreamento de atributos ambientais de energia, projetado para dar transparência e confiabilidade na contabilidade de carbono.

“A parceria com a Lojas Renner é um passo importante em nossa estratégia de atuar como facilitadores sustentáveis da transição energética e da geração verde. Mais do que liderar a geração solar e eólica no país, contribuindo para a diversificação da matriz energética brasileira, estamos impulsionando a consolidação das fontes renováveis de energia em toda a cadeia de valor dos diversos setores da economia, oferecendo a nossos parceiros e clientes uma energia segura, sustentável e economicamente competitiva no mercado livre.”

– Nicola Cotugno, Country Manager da Enel no Brasil.

Em maio de 2020, a Enel Green Power recebeu a outorga da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para implantar o parque eólico Fontes dos Ventos II e a previsão é de que a usina entre em operação comercial em dezembro de 2021. O volume máximo total previsto no contrato com a Lojas Renner é de 11,3 megawatts médios (MWm), equivalente a um consumo de 100 GWh/ano. O complexo eólico Fontes dos Ventos II possui capacidade instalada total de 99 MW e exigirá um investimento total de cerca de US$ 84 milhões.

Menos CO₂ e mais economia

Com a contratação da fonte eólica, a Lojas Renner evitará a emissão de aproximadamente 6,2 mil toneladas de carbono (CO2e) por ano em comparação com o que é liberado na produção da energia comercializada diretamente no Ambiente de Contratação Regulada (o mercado cativo). Terá ainda uma redução que se aproxima aos 40% no custo final da energia, o que significa uma economia de mais de R$ 500 milhões no acumulado dos 15 anos.

Segundo a ANEEL, o Brasil tem atualmente 694 usinas eólicas em atividade com potência fiscalizada de 17,4 mil MW, ou 9,9% de toda a capacidade de geração do país.

Pioneirismo em sustentabilidade

Antes de concluir sua primeira contratação de energia eólica, a Lojas Renner já era pioneira na implementação de estratégias focadas em sustentabilidade. Desde 2011, a varejista realiza o inventário de emissões de gases de efeito estufa e, desde 2016, neutraliza 100% de suas emissões inventariadas nos escopos 1, 2 e 3. Em 2018, além de comprometer-se a alcançar a marca de 75% do consumo energético corporativo oriundo de fontes renováveis de baixo impacto até o fim de 2021, fixou para a mesma data a meta de reduzir em 20% as emissões de carbono liberados na atmosfera em comparação com o inventário de 2017.

Com foco nesses objetivos, a varejista viabilizou, a partir de 2018, a implantação de três empreendimentos de geração de energia solar. Elas estão localizadas em Vassouras (RJ), Pântano Grande (RS) e Café Sem Troco (DF), e somam potência instalada de 2 MW. Sob responsabilidade de investidores parceiros, as unidades abastecem oito lojas da marca Renner no Rio de Janeiro, em Porto Alegre e em Brasília e proporcionam uma economia de até 27% em relação às tarifas que seriam pagas no Ambiente de Contratação Regulada.

Além disso, desde 2017 as novas lojas seguem as premissas da certificação LEED – e três unidades e a sede administrativa já obtiveram o reconhecimento, concedido pela organização não governamental United States Green Building Council (USGBC). O novo CD, em (SP), também está em processo de certificação LEED e receberá 100% da energia proveniente do parque eólico. Todas as lojas contam ainda com iluminação de LED, que consome menos, e 34% delas têm sistemas de automação e gestão remota, para aumentar a eficiência energética.

A gestão de Energia Elétrica é realizada em plataforma única onde foram incluídas todas as unidades consumidoras da Companhia (no Brasil, Uruguai, Argentina, China e Bangladesh).

Baixo impacto ambiental e social

O modelo de construção sustentável do parque eólico Fontes dos Ventos II da Enel Green Power, baseado nas melhores práticas em saúde, segurança e meio ambiente, foi determinante para a Lojas Renner decidir pela compra da energia que será produzida no local.

Entre os estudos e planos desenvolvidos pela geradora estão o relatório de impacto ambiental, inventários florestais, o Plano Básico Ambiental Indígena, exigido pela Fundação Nacional do Índio (Funai), e o Relatório de Avaliação de Impacto ao Patrimônio Arqueológico, estabelecido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

ENEL