Bandeira escassez hídrica

Entenda os valores cobrados de acordo com as condições de geração de energia do país. Role a página!

Entenda as bandeiras Tarifárias

Desde 2015, por regulamentação da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), foi implementado no Brasil o sistema de Bandeiras Tarifárias. Com ele, o valor da conta de energia pode variar de acordo com as condições de geração do sistema energético do país, que depende da capacidade dos reservatórios. 

Além disso, busca sensibilizar a sociedade sobre a responsabilidade do consumo consciente, sinalizando quando há escassez na oferta de energia.

 

Fique atento ao seu consumo de energia

Em 01/09/2021 o Governo Federal criou uma nova bandeira “escassez hídrica”, que representa, aproximadamente, um aumento de 7% na conta de luz. O valor da bandeira é de R$ 0,1420 por cada quilowatt-hora (kWh) consumido. Foi assim que determinou a Câmara de Regras Excepcionais para Gestão Hidroenergética (CREG).

Este novo valor não será cobrado para os clientes que têm tarifa social (baixa renda). Para esses clientes, será mantida a cobrança da bandeira anterior, Vermelha patamar 2, no valor de R$ 0,09492 por quilowatt-hora (kWh) consumido.

Estamos no período mais seco do ano e com redução de chuvas. Como a maior parte da energia elétrica usada em nosso país é gerada nas usinas hidrelétricas, esse é o momento de economizar e usar a energia de forma consciente.

Clique aqui e tire suas dúvidas no site da ANEEL sobre a Bandeira "escassez hídrica".

Valores das bandeiras tarifárias desde 01/09/2021:

Fique ligado nas nossas dicas de economia de energia e comece agora mesmo a economizar na conta de luz!

ENEL