#MulheresDeEnergia: Erika Silva e a energia da perseverança

Published on Quarta-feira, 23 Março 2022

Acreditar no propósito e não sucumbir com as adversidades, esse é o segredo de Erika Silva, Head de HSE Territorial na Enel Ceará.

 

Acreditar no propósito e não sucumbir com as adversidades, esse é o segredo de Erika Silva, Head de HSE Territorial na Enel Ceará.Acreditar no propósito e não sucumbir com as adversidades, esse é o segredo de Erika Silva, Head de HSE Territorial na Enel Ceará.Acreditar no propósito e não sucumbir com as adversidades, esse é o segredo de Erika Silva, Head de HSE Territorial na Enel Ceará.

Ainda pequena, Erika sabia que seguiria os mesmos passos do pai e, assim como ele, escolheria uma profissão que tivesse o poder de transformar o mundo e a vida das pessoas: a engenharia. Formada em Engenharia pela Universidade Cândido Mendes e, posteriormente, em Engenharia de Segurança do Trabalho pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC – MG), Erika iniciou a sua carreira em uma empresa que atuava na exploração de óleo e gás.

De imediato, ela pôde ter noção como a profissão escolhida era formada, em sua grande maioria, por homens. No entanto, esse cenário não a intimidou e, durante dez anos, atuou no mercado de offshore.

 Há 5 anos no setor de energia, ela lembra que foi marcante encontrar uma mulher ocupando um cargo de liderança: “Um dos fatos mais marcantes em minha trajetória foi, depois de tantos anos, ter uma mulher como líder, esse fato me fez perceber que estamos no caminho certo. Demorou, mas esse momento chegou”

 

Para Erika, a sua maior conquista foi assumir o cargo de Head de HSE (Health, Safety and Environment) na região sul do Estado do Ceará. Afinal, ela é responsável pela saúde e integridade física de diversos trabalhadores que atuam nessa grande área geográfica.

“Por ser mulher e pela confiança da empresa em meu trabalho, esse novo cargo foi um marco em minha vida profissional”

 

Essa nova função é, de fato, motivo de comemoração. Afinal, durante muitos anos em um ambiente majoritariamente masculino, Erika encontrou algumas adversidades no meio do caminho, como preconceito, falta de reconhecimento e de perspectiva. . 

No entanto, a energia da perseverança fez com que ela não esquecesse em nenhum momento de seu propósito:

 

 

“Por ser mulher, passei por alguns momentos difíceis e meu trabalho muitas vezes deixou de ser reconhecido, mas não desanimei, acreditei no meu potencial e aqui estou.”

Erika no Trabalho

Erika sabe que a luta por reconhecimento e respeito no ambiente de trabalho é constante para muitas mulheres nos mais diversos setores e cargos.

Muitas vezes, além da capacidade, é preciso estar em uma empresa que valorize a mulher e que leve aos seus funcionários a cultura do respeito e da equidade.

“Acredito que estamos no caminho certo e que em pouco tempo isso não será mais um tabu. Temos certeza de nossa capacidade e sabemos o que podemos alcançar. Alguns homens abraçaram a causa e estão nos ajudando a derrubar, de vez, esse preconceito.”

 

A mesma energia que move a Erika, inspira muitas mulheres que, diariamente, ajudam a levar energia elétrica às casas das pessoas, um componente tão essencial. 

“Todas as mulheres que estão na luta podem chegar aonde cheguei, acredito que posso inspirá-las a não desistir, assim como faço todos os dias.”

ENEL