Energia renovável da Enel abastecerá data center do Facebook

Publicado em Quinta-feira, 26 de abril de 2018

“Estamos entusiasmados por colaborar com o Facebook e com a Adobe neste projeto e poder atender suas necessidades específicas de energia com uma solução personalizada. Contratos desse tipo são um excelente exemplo da nossa capacidade de trabalhar de forma colaborativa com clientes corporativos e oferecer soluções sob medida, gerenciando múltiplos clientes com diferentes volumes e necessidades de energia.”

– Antonio Cammisecra, Responsável Global da Enel Green Power

Bobby Hollis, Diretor Global de Energia do Facebook, explicou: “Alimentar nossos data centers com energia 100% limpa e renovável não é apenas uma meta para o Facebook, é uma exigência do nosso negócio. No futuro, o parque eólico Rattlesnake Creek nos permitirá alimentar o Data Center Papillion, cumprindo nosso desejo de expandir o mercado energético para outras empresas, como a Adobe. ”

"Estamos felizes em alcançar novas metas de sustentabilidade por meio deste contrato com a Enel e com o Facebook", disse Vince Digneo, estrategista de sustentabilidade da Adobe. “A colaboração é muito importante e acreditamos que parcerias como essas estão na direção que devemos seguir. A compra de energia renovável em grande escala é parte fundamental para as nossas metas e são extremamente importantes para a descarbonização das redes dos Estados Unidos”.

A Enel Green Power, líder mundial no setor de energia limpa, é especializada no desenvolvimento e gerenciamento de plantas renováveis ​​em 24 países e está presente na Europa, América, Ásia, África e Oceania. Sua capacidade total de produção ultrapassa 3,6 GW e inclui quase todas as fontes de energia renováveis: de hidrelétrica à geotérmica, de eólica à solar. Atualmente, a Enel Green Power North America opera cerca de 100 plantas.

O contrato com o Facebook é apenas o passo mais recente da estratégia industrial ambiciosa que estamos adotando no mercado de renováveis, que se baseia nos pilares da sustentabilidade, inovação e redução das emissões de CO2. Essa abordagem foi, em parte, inspirada nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas, que em setembro de 2015 estabeleceram uma série de metas a serem alcançadas até 2030, relativas à proteção do meio ambiente e à luta contra a pobreza global.

O ODS número 7 visa garantir que a energia seja acessível, confiável, sustentável e moderna para todos”. Este é um desafio de enormes proporções, se considerarmos que, atualmente, uma em cada cinco pessoas no mundo não possui uma conexão moderna de energia elétrica. Além disso, ​​três bilhões de pessoas ainda usam madeira, carvão ou resíduos animais como combustível para cozinhar e se aquecer: essas são as principais fontes de poluição. Corrigir essa situação é um objetivo estratégico para as Nações Unidas e a produção de energia a partir de fontes renováveis ​​representa uma importante chave para transpor esse desafio. Estamos firmemente comprometidos em fazer a nossa parte.