Correndo para o futuro a 200km/h

Publicado em sexta-feira, 03 de fevereiro de 2017

“Além de entreter, a Fórmula E é uma oportunidade para comunicar os valores da FIA sobre energia limpa, mobilidade e sustentabilidade. Estamos, definitivamente, olhando para o futuro!”

– Jean Todt, presidente da Federação Internacional do Automóvel (FIA)

De lá pra cá, o projeto, visionário e revolucionário, foi incorporado à elite das corridas automobilísticas e entrou imediatamente para o calendário dos grandes campeonatos mundiais.

Uma parceria natural

Para realizar a Fórmula E, a FIA estabeleceu parcerias estratégicas com empresas que se dedicam ao desenvolvimento de tecnologias de ponta. O objetivo era transformar o campeonato num verdadeiro laboratório sobre o futuro da mobilidade sustentável.

Em 2016, a Enel se tornou parceira oficial de energia da Fórmula E. O grupo está empenhado em investir todos os esforços para acelerar e inovar a mobilidade elétrica mundialmente.

 

“A Enel e a Fórmula E são parceiros naturais. Ambos queremos abraçar as oportunidades excitantes da mobilidade elétrica, o desenvolvimento de cidades inteligentes e a revolução da energia limpa.”

– Francesco Starace, CEO da Enel

A entrada da Enel na Fórmula E trouxe novas oportunidades para que a empresa pudesse testar suas tecnologias no cenário das energias renováveis e aperfeiçoar o desenvolvimento de redes inteligentes e seus processos de gestão energética.

Sustentabilidade para todos

A parceria, que começou no ePrix de Berlim em maio de 2016, pode ser prolongada para próximas temporadas.

 

“Estamos concluindo uma rede totalmente móvel e digitalizada, com base na tecnologia de medição inteligente, para aumentar a eficiência energética de toda a competição”

Graças à tecnologia da Enel, as equipes poderão conhecer o seu consumo total, o público poderá interagir em tempo real com um sistema energético de última geração e as redes elétricas das cidades que receberão o Grande Prémio não serão sobrecarregadas.

Na temporada 2017-2018, a Fórmula E instalará painéis solares e geradores movidos a glicerina conectados a um sistema inovador de armazenamento, que fornecerá a energia necessária para cada evento.

Os dispositivos de iluminação LED da Enel, as estações públicas de recarga para carros elétricos e os sistemas de geração renovável ​​farão de cada ePrix, um evento neutro na emissão de carbono e um exemplo de futuro sustentável para cada cidade.

A próxima etapa da Fórmula E acontece no dia 18 de fevereiro, em Buenos Aires. Mais uma oportunidade para torcer pelos pilotos brasileiros que participam da competição. Lucas Di Grassi e Nelson Piquet Jr levam a tradição verde e amarela para a pista e prometem acelerar as emoções da etapa argentina.