Enel conquista 380 MW de capacidade hidrelétrica em operação em leilão no Brasil

Publicado em quarta-feira, 27 de setembro de 2017

  • O Grupo conquistou um contrato de 30 anos de concessão para a usina hidrelétrica em operação Volta Grande (380 MW)
  • A Enel investirá cerca de R$ 1,4 bilhão de reais (aproximadamente 445 milhões de dólares americanos) na concessão

 

Roma/ Rio de Janeiro, 27 de Setembro de 2017 – A Enel S.p.A. (“Enel”), por meio de sua subsidiária Enel Brasil S.A. (“Enel Brasil”) conquistou um contrato de 30 anos de concessão para Volta Grande, usina hidrelétrica em operação, localizada no Sudeste do país, com uma capacidade total instalada de 380 MW, de acordo com o “Leilão de Concessões não prorrogadas” organizado pelo Governo Federal por meio da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

“Esta conquista fortalece ainda mais a presença consolidada da Enel Green Power no Brasil, um país rico em recursos naturais, onde já somos líderes no mercado de energia solar”, afirma Antonio Cammisecra, Responsável pela Enel Green Power, braço de energias renováveis do Grupo Enel. “Depois da bemsucedida conclusão de 12 dos 14 projetos que conquistamos desde 2010 em leilões de energias renováveis, esta conquista representa ainda outro marco importante na nossa estratégia de crescimento para o Brasil, onde estamos construindo um portfólio de energias renováveis bem balanceado e equilibrado.”

A Enel investirá um total de cerca de R$ 1,4 bilhão de reais (BRL), cerca de 445 milhões de dólares americanos, na concessão da hidrelétrica, em linha com o investimento previsto no atual plano estratégico do Grupo. A usina hidrelétrica é apoiada por contrato de concessão de 30 anos com uma receita anual de geração garantida.

Após a assinatura do contrato de concessão, que está prevista para ocorrer em Novembro, a capacidade de energia hídrica da Enel no Brasil vai aumentar dos atuais 890 MW para 1.270 MW. De acordo com as regras do leilão, a Enel deve assumir o controle da usina em Janeiro de 2018, quando passará a ser operada pela subsidiária de energia renovável da Enel no país, Enel Green Power Brasil.

A usina hidrelétrica Volta Grande (380 MW) está localizada no Rio Grande, nos estados de Minas Gerais e São Paulo. A planta entrou em operação em 1974 e tem uma produção anual de 2,02 TWh.

No Brasil, o Grupo Enel, através de suas subsidiárias EGPB e Enel Brasil, tem uma capacidade instalada total em renováveis de cerca de 2.276 MW, dos quais 670 MW de energia eólica, 716 MW de energia solar e 890 MW de energia hidrelétrica, bem como cerca de 275 MW de capacidade atualmente em construção, dos quais 172 MW eólicos e 103 MW solares. No setor de energia convencional, a Enel Geração Fortaleza, subsidiária da Enel, possui uma termelétrica com cerca de 327 MW de capacidade no Ceará. O Grupo Enel também opera no setor brasileiro de distribuição de energia, por meio da Enel Distribuição Rio, Enel Distribuição Ceará e Celg D, atendendo um total de cerca de dez milhões de clientes. Finalmente, por meio da Enel Soluções, o Grupo Enel oferece soluções em energia, além de produtos e serviços em eficiência energética, enquanto por meio da Enel Cien opera uma linha de transmissão de 2,200 MW que interconecta o Brasil e a Argentina.

Enel S.p.A. provides for the dissemination to the public of regulated information by using SDIR NIS, managed by BIt Market Services, a London Stock Exchange Group's company, with registered office at Milan, Piazza degli Affari, 6. For the storage of regulated information made available to the public, Enel S.p.A. has adhered, as from July 1st, 2015 to the authorized mechanism denominated “NIS-Storage”, available at the address www.emarketstorage.com, managed by the above mentioned BIt Market Services S.p.A. and authorized by CONSOB with the resolution No. 19067 of November 19th, 2014. From May 19th 2014 to June 30th 2015 Enel S.p.A. used the authorized mechanism for the storage of regulated information denominated “1Info”, available at the address www.1info.it, managed by Computershare S.p.A. with registered office in Milan and authorized by CONSOB with resolution No. 18852 of April 9th, 2014