Enel inicia a construção de novo parque eólico de 172 MW no Brasil

Publicado em Terça-feira, 27 de setembro de 2016

Roma, 27 de setembro de 2016 – A Enel S.p.A. (“Enel”), por meio da sua subsidiária  de energia renovável Enel Green Power Brasil Participações Ltda. ("EGPB"), começou a construção do parque eólico Morro do Chapéu Sul, que está localizado nos municípios de Morro do Chapéu e Cafarnaum, no estado da Bahia, a 400 quilômetros de Salvador.

 

Temos o prazer de anunciar o início da construção de Morro do Chapéu Sul", disse Carlo Zorzoli, Country Manager da Enel no Brasil. "Através do lançamento deste conjunto significativo de projetos em uma área rica em recursos eólicos, mais uma vez nos posicionamos como um player confiável e estratégico, que contribui para o desenvolvimento sustentável de todo o setor de energia elétrica brasileiro".

 

O novo parque terá capacidade instalada total de 172 MW e será composta por seis subparques: Ventos de Santa Esperança (28 MW), Ventos de Santa Dulce (28 MW), Ventos de São Mário (30 MW), Ventos de São Paulo (28 MW), Ventos de São Abraão (28 MW) e Boa Vista (30 MW). O complexo é de propriedade de quatro sociedades de propósito específico (SPEs) mantidas pela EGPB e é esperado que entre em operação no primeiro semestre de 2018. Quando concluído, Morro do Chapéu Sul será capaz de gerar mais de 830 GWh por ano, o suficiente para atender à necessidade anual de consumo de energia de mais de 320.000 lares brasileiros, evitando a emissão de cerca de 225.000 toneladas de CO2 na atmosfera por ano.

 

A Enel vai investir cerca de 380 milhões de dólares na construção de Morro do Chapéu Sul, como parte dos investimentos previstos no plano estratégico atual da empresa. O investimento será financiado por meio de recursos próprios do Grupo Enel.

 

Quatro subparques são apoiados por um contrato de compra de energia (Power Purchase Agreement - PPA sigla em inglês) de 20 anos com um pool de distribuidoras de energia elétrica do Brasil. A EGPB venceu a concessão do PPA após o leilão A-5 de 2014, lançado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). Os outros dois subparques (Ventos de São Abraão e Boa Vista) são apoiados por um PPA de 20 anos firmado no mercado livre.  

 

Morro do Chapéu Sul é o sexto parque eólico construído pelo Grupo Enel na Bahia, estado onde a empresa já opera 264 MW de energia eólica e está construindo atualmente os projetos eólicos Delfina (180 MW) e Cristalândia (90 MW).

 

A Enel Green Power Brasil tem atualmente uma capacidade instalada total de 546 MW, dos quais 401 MW são de energia eólica, 12 MW de energia solar fotovoltaica e 133 MW de energia hídrica. Além disso, a empresa tem 442 MW de projetos de energia eólica, 102 MW de hidrelétrica e 807 MW de energia solar atualmente em execução.

 

 

Todos os comunicados de imprensa da Enel também estão disponíveis em versões para smartphones e tablets. Você pode baixar o aplicativo Enel Corporate, na Apple Store e no Google Play.

PDF (0.08MB)DOWNLOAD

Enel S.p.A. provides for the dissemination to the public of regulated information by using SDIR NIS, managed by BIt Market Services, a London Stock Exchange Group's company, with registered office at Milan, Piazza degli Affari, 6. For the storage of regulated information made available to the public, Enel S.p.A. has adhered, as from July 1st, 2015 to the authorized mechanism denominated “NIS-Storage”, available at the address www.emarketstorage.com, managed by the above mentioned BIt Market Services S.p.A. and authorized by CONSOB with the resolution No. 19067 of November 19th, 2014. From May 19th 2014 to June 30th 2015 Enel S.p.A. used the authorized mechanism for the storage of regulated information denominated “1Info”, available at the address www.1info.it, managed by Computershare S.p.A. with registered office in Milan and authorized by CONSOB with resolution No. 18852 of April 9th, 2014