Programa da EGP previne a extinção de araras na Bahia

Publicado em Sexta-feira, 05 de Outubro de 2018

“Aqui perto de Delfina, por mais que seja uma espécie típica da região, a arara-azul-de-lear está funcionalmente extinta. Eu estou acompanhando a vinda dessas novas aves há 15 dias. Saber que elas chegaram bem e já estão se adaptando ao viveiro é uma felicidade para mim e para todos os pesquisadores do projeto. É um sonho realizado.”

– Valéria Ladeira, Coordenadora Ambiental da EGP

O projeto de monitoramento teve início há três anos, junto com as obras do parque eólico. Desde então, a equipe de Disciplina Ambiental vem realizando diversos estudos e iniciativas para recuperar a população das espécies ameaçadas nessa região.

“A arara-azul-de-lear é um dos tesouros da caatinga do sertão baiano e a esperança de toda a equipe é reverter o quadro de extinção local o quanto antes.”

– Valéria Ladeira

O programa de conservação de espécies animais está em consonância com a política de biodiversidade da Enel, que tem o objetivo de criar medidas de proteção ao meio ambiente. Dessa forma, a Enel Green Power contribui com a convenção da ONU sobre diversidade biológica, um dos mais importantes instrumentos internacionais relacionados ao tema.