Lista “Change the World”: Enel segue entre as principais empresas segundo a Fortune

Publicado em Quarta-feira, 22 de Agosto de 2018

“A presença da Enel pela terceira vez na lista “Change the World” da Fortune confirma o papel do Grupo como impulsionador da mudança e líder na transição energética global. Em sua lista, a Fortune destaca a estratégia Open Power como uma plataforma que ajuda a resolver alguns dos maiores desafios que enfrentamos no mundo atual.”

– Francesco Starace, CEO e gerente geral da Enel

A criação de valor sustentável a longo prazo é o objetivo final do Plano Estratégico 2018-2020 da Enel. Esse comprometimento e os resultados tangíveis do Grupo também foram reconhecidos pela comunidade financeira, cada vez mais focada nos critérios ambientais, sociais e de governança (ASG). O número de investidores ASG vem crescendo consistentemente. Em dezembro de 2017 representou 8,6% do nosso capital social, acima dos 8% de 2016, enquanto os investidores institucionais de longo prazo detêm 81,1% do nosso capital social.

Como parte do nosso Plano Estratégico, nos comprometemos formalmente a alcançar quatro dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas – números 4, 7, 8 e 13 – que são encarados como uma oportunidade de negócio que oferecerá valor para todos os nossos stakeholders. Tomamos medidas práticas para implementar os ODS através de iniciativas locais que são avaliadas e registradas em nossa plataforma de gerenciamento de projetos. De 2015 a 2017, a Enel possibilitou que 1,7 milhões de pessoas da América Latina e da África tivessem acesso à energia limpa a preços acessíveis (ODS 7), envolveu 600 mil pessoas em projetos educacionais (ODS 4) e mais de 1,5 milhão de pessoas em projetos de desenvolvimento econômico (ODS 8).

A Fortune compila a lista “Change the World” em parceria com a consultoria FSG e a Shared Value Initiative, rede mundial de empresas que buscam soluções de negócios para enfrentar os desafios sociais, e com o professor Michael E. Porter, da Harvard Business School. Antes de divulgar o ranking final, uma equipe de jornalistas da revista também investigou os candidatos por meio de relatórios e análises disponíveis. Mais uma vez, a Enel surgiu como uma das empresas que estão mudando o mundo.