Enel conclui aquisição da CELG

Publicado em terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

“A conclusão da aquisição da CELG é um marco importante para nossa estratégia de crescimento na América Latina”

– Francesco Starace, CEO da Enel

“Por meio dessa transação, além de expandir nossa presença no segmento de distribuição brasileiro, estamos tornando a Enel Brasil a segunda maior empresa de distribuição de energia do país. Além disso, depois da Itália e da Ibéria, o Brasil se torna o terceiro maior mercado para o Grupo em termos de clientes. Estamos totalmente comprometidos em aproveitar ao máximo o crescimento potencial da CELG, alavancando nossa experiência em tecnologia e nossas melhores práticas globais para fortalecer o serviço da companhia para seus clientes.”

Acompanhando a conclusão da transação, um Encontro Geral de Acionistas da CELG será realizado para designar o novo Conselho de Administração da companhia.

Fundada em 1956 e com sede em Goiânia, a CELG (anteriormente controlada pela República Federativa do Brasil (51%) por meio de sua companhia de eletricidade Eletrobras, e pelo Estado de Goiás (49%) por meio de sua holding Celg-Par) atua em um território que cobre mais de 337 mil km² por meio de uma concessão que é válida até 2045. O mercado da CELG inclui 237 municípios com uma população de 6,2 milhões de pessoas. A base de clientes da CELG, de 2,9 milhões, é atendida por meio de uma rede de mais de 200.800 quilômetros. A venda da CELG é parte do processo de privatização de ativos lançado pelo governo brasileiro.