Quem é mais rápido: um carro de Fórmula E ou um guepardo?

Publicado em quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

“Nós sabíamos das similaridades de desempenho, por isso ficamos curiosos para ver o resultado. No entanto, nosso objetivo maior era provocar uma reflexão sobre como será não apenas o nosso futuro, mas o futuro dos guepardos e de outros animais com os quais dividimos o planeta”

– Alejandro Agag, Fundador e CEO da Fórmula E

Além de ser extremamente veloz, o guepardo é, atualmente, uma espécie ameaçada de extinção. Estima-se que apenas 7 mil animais existam na natureza. Como necessita de paisagens amplas para sobreviver, a espécie torna-se vulnerável à perda e fragmentação de seu habitat – ameaças que são exacerbadas pelas alterações do clima.

“Tanto eu quanto a minha equipe queremos participar dessa conscientização sobre o amplo impacto que a mudança climática tem em nosso planeta. Nós já fazemos nossa parte ao longo das temporadas da Fórmula E, mostrando e desenvolvendo nossos carros elétricos, mas também queríamos fazer mais fora das pistas de corrida. Estou muito orgulhoso de ter participado deste filme”

– Jean-Eric Vergne, piloto da equipe chinesa TECHEETAH

Colaborando para uma discussão sustentável

Mais do que uma corrida automobilística, a Fórmula E tem o objetivo de liderar uma mudança: impulsionar a absorção dos veículos elétricos em escala global e tornar a sociedade mais limpa para as futuras gerações.

Por mais que o habitat natural da Formula E seja os grandes centros urbanos, o fundador da categoria destaca a preocupação da FIA com a mobilidade inteligente e sustentável e com o meio ambiente como um todo.

“Temos apenas um planeta e precisamos discutir os problemas que enfrentamos. É importante destacar que os carros elétricos podem desempenhar um papel fundamental na redução das emissões de C02 em todo o mundo”

– Alejandro Agag

Por trás das câmeras!

Para não colocar em perigo a saúde dos animais, três guepardos se revezaram durante a filmagem. A gravação foi supervisionada por especialistas e representantes de organizações preocupadas com o bem-estar animal, como a Cheetah Outreach, a Endangered Wildlife Trust e a Animal Issues Matter. Nenhum animal foi maltratado durante a filmagem da ação.

Ficou curioso para saber quem ganhou essa disputa? Assista o vídeo no começo desta página!